Tradução Simultânea Remota: Home Office é Uma Aventura Sem Fronteiras

Home Office é Uma Aventura Sem Fronteiras
Home Office é Uma Aventura Sem Fronteiras

O EV Escritório Virtual está publicando uma série de histórias dos seus parceiros e parceiras em tempos  pandêmicos . A história mais inusitada terá desconto nas mensalidades.  Não sei se terei chances, mas a história que conto aqui além de ser verdadeira, é o retrato da nossa vida doméstica profissional.  haja adapitabilidade!

Desde de 15 de março de 2020 eu venho trabalhando em casa e aprendendo diariamente a me reinventar! Os eventos internacionais antes em hotéis e salões de conferências, desde então passaram a ser virtuais. A tradução simultânea antes presencial, passou a ser TRS: Tradução Simultânea Remota. As plataformas digitais são hoje nossas cabines literalmente portáteis. A fim de garantir o pleno funcionamento, instalei No Break (para garantir energia elétrica permanente), duas operadoras de internet, dois laptops, dois headsets, mesa de som e unidade de intérprete. Ou seja, um estúdio de alta qualidade em casa.

Mas o que fazer quando o vizinho resolve reformar e quebrar o apartamento todo em pleno horário comercial? Até tive sorte de negociar com o pedreiro para só voltar a martelar a parede a cada trinta minutos, tempo que eu precisava para traduzir e dividir a cabine virtual com a minha colega que estava em outro país, inclusive. Só que teve uma dia que o cachorro do vizinho das proximidades resolveu latir sem parar e daí ficou impossível negociar. Eu ainda não aprendi a traduzir “latidos” e muito menos a dialogar a distância com os caninos!

A solução encontrada foi ir para o banheiro que por sinal, tem uma excelente acústica. Levei os dois computadores, headphone e celular. A Tradução Simultânea Remota correu maravilhosamente bem. No final o cliente agradeceu, elogiou a interpretação e também a transmissão! Chegou a me perguntar se eu estava em um estúdio de dublagem por conta da excelente captura de áudio.

Tive então que confessar onde me encontrava (no banheiro da casa) e ele deu muita risada e me elogiou ainda mais pela versatilidade e inventividade.

Ufa! Ainda bem que deu tudo certo!  O essencial é prestar serviços de excelência e segurança diante de circunstâncias inusitadas e aparentemente ameaçadoras O importante é ter a coragem de naVEGAH no mundo de desafios e incertezas.

E como diz Fernando Pessoa, “tudo vale a pena quando a alma não é pequena”.

A gente merece a vida inteira!

Jacqueline Moreno, tradutora intérprete simultânea, jornalista, especialista em storytelling,  e diretora executiva da Vegah Soluções em Comunicações Internacionais e Efeito Sol É parceira do EV Escritório Virtual  desde 1996.

www.vegah.com.br
www.efeitosol.com

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*