Tradução Simultânea ou Interpretação Simultânea

A Tradução Simultânea (também conhecida por Interpretação Simultânea ou Interpretação de Conferência) é o ato de traduzir oralmente, como o próprio nome já diz, ao mesmo tempo a fala de um orador para a língua de um ou mais ouvintes. Ela visa dar a pessoas que falam idiomas diferentes a possibilidade de participar, sem barreiras linguísticas, de reuniões, debates, cursos, conferências etc.

A tradução simultânea só é possível por meio de intérpretes profissionais fluentes em seus idiomas de trabalho e treinados nas técnicas de tradução, interpretação e comunicação.
A tradução simultânea só é possível por meio de intérpretes profissionais fluentes em seus idiomas de trabalho e treinados nas técnicas de tradução, interpretação e comunicação.

Como é feito a Tradução Simultânea?

Em uma cabine à prova de som, o intérprete ouve pelos fones de ouvido o que é dito em um idioma e, por meio de microfones ligados aos receptores dos participantes, transmite as palavras do orador na outra língua. É a modalidade de interpretação mais usada em grandes congressos por não interferir na duração do evento. É também recomendada para reuniões menores com o uso de equipamento portátil.

Solicite abaixo um orçamento para o serviço:

Dados pessoais:

Informações sobre o evento:


PortuguêsInglêsFrancêsAlemãoEspanholItaliano

História da Tradução simultânea

A tradução simultânea foi usada pela primeira vez durante os julgamentos dos nazistas após a Segunda Guerra Mundial. A modalidade de interpretação usada até então era a consecutiva. Mas, como era necessária a tradução para quatro idiomas, esta forma deixou de ser viável. Os julgamentos teriam sido bem mais longos sem o advento da tradução simultânea. Ao longo de décadas, a simultânea vem ajudando pessoas e empresas a superarem barreiras linguísticas. Contudo, somente profissionais qualificados podem garantir a comunicação eficiente e produtiva. Não deixe que a linguagem seja um obstáculo entre você e seu cliente.